Sinal de vida

by offarinha

Na edição de hoje do jornal Expresso há uma entrevista ao dr. Henriques Gaspar, presidente do Supremo Tribunal de Justiça. Começa assim: «No gabinete de Henriques Gaspar, o tempo corre ao som de um velho relógio de parede que toca a cada 15 minutos. “Gosto de ouvir os relógios tocar, é um sinal de vida”, diz o presidente do STJ.» A gente lê isto e sente um calafrio. Depois imagina o sr. conselheiro com o olhar sinistro de Bela Lugósi, a atitude intimidante de Boris Karloff e a fisionomia aterradora de Vincent Price, contando os tique-taques do seu relógio à espera do toque que ciclicamente lhe proporciona o fatídico memento. E admiramo-nos nós do estado da Justiça! O seu principal vulto confessa-se, gostosa e candidamente, personagem de um filme de terror daqueles realizados por Ed Wood. Que são, como se sabe, sobretudo risíveis.

Anúncios