Imprecação

by offarinha

Mas quando é que se deixam de tretas (conceptualizações frustres acerca do serviço público e da sua suposta imprescindibilidade, planos de reestruturação diversos, ajustamento de canais e canaizinhos, sucessivos grupos de trabalho, etc.) e decidem finalmente acabar com a gigantesca fraude que é a RTP? Qualquer justificação do saque fiscal a que estamos sujeitos carece de legitimidade enquanto estivermos a subsidiar os Rodrigues dos Santos , os Fernando Mendes, os José Sócrates, as Catarinas Furtados e os João Baiões… Mesmo que trabalhem de borla!

Anúncios