Tinha-me esquecido destes

by offarinha

A propósito de exames, greves e assuntos afins já comentei o triste espectáculo promovido pela burocracia do MEC, pelos sindicatos de professoores e pelas fraldiqueiras das escolas. Tinha-me esquecido das associações de pais. Em boa hora, esta intervenção do Presidente da Confederação Nacional das Associações de Pais (os militantes das causas de género já deveriam ter chamado a atenção para a designação machista adoptada pela instituição) permite colocar as coisas nos seus devidos lugares. Defende a criatura «que caso uma parte dos alunos não faça o exame nacional de Português na próxima segunda-feira, devido à greve dos professores, as provas daqueles que as fizerem deverão ser anuladas.» E isto, diz ele, em nome da equidade (porventura saberá o pândego o que é equidade? ou partilhará a mesma disparatada noção aplicada pelo Tribunal Constitucional?). Para o extraordinário Pai (Nogueira, tens aqui um grande amigo!), todos os alunos deverão repetir sucessivamente os exames enquanto a greve afectar uma sala que seja. Mas a estupidez nacional não tem limites? E esta gente não tem vergonha?

Anúncios