Salazar e a influência humana no aquecimento global

by offarinha

Neste artigo, anuncia-se que 97% dos artigos publicados em revistas científicas nos últimos 20 anos são consensuais quanto à tese da influência humana no aquecimento global. Só que (pormenor despiciendo para estes «cientistas»), dois terços dos artigos não emitem qualquer opinião sobre as causas do fenómeno. Assim, os excitantes 97% foram contabilizados apenas sobre os 33% de artigos que tomaram posição. Em resposta a esta objecção, pelos vistos de somenos, os «cientistas» respondem «dizendo que o facto de haver tantos estudos científicos que não mencionam as causas do aquecimento global era expectável e significa que esta dúvida não se coloca.»

Decerto que a inspiração para este extraordinário paradigma metodológico, a foram buscar ao processo de aprovação da Constituição de 1933, segundo o qual os abstencionistas e os votos brancos ou nulos contavam como “sim”. Quem diria que Salazar foi um precursor do pós-modernismo? Que dirá o Prof. Boaventura desta genealogia?

Anúncios